❮  Voltar para listagem

Artigo escrito pelo Dr. Eng. Guilherme Brittes Benitez, pesquisador e consultor do NEO-UFRGS.

Desde a sua introdução em 2011 na feira industrial tecnológica de Hannover Messe, a transformação digital a partir das tecnologias da Indústria 4.0 tem surgido como um tema recorrente em governos, universidades e no meio empresarial. Nos últimos anos, políticas voltadas a transformação digital e ganho de competitividade global a partir da digitalização do setor industrial têm sido desenvolvidas e propostas. Apesar das políticas terem como forte ênfase o desenvolvimento tecnológico da indústria, empresários frequentemente se encontram em uma encruzilhada para adotar as chamadas tecnologias 4.0 (big data, inteligência artificial, Internet das Coisas, etc.). Parte disso, se dá pelo receio do retorno sobre o investimento (ROI) e também pela falta de clareza do potencial da tecnologia como porta de entrada para a conexão de outras tecnologias e sistemas dentro da indústria.

Implementar uma tecnologia da Indústria 4.0 é apenas o ponto de partida para a transformação digital da sua empresa. A sua empresa não virará 4.0 da noite para o dia, para isso existe uma sequência de passos que devem ser planejados, baseado nas atividades, sistemas, tecnologias e objetivos estratégicos da sua empresa. Assim sendo, o papel das startups como porta de entrada a digitalização pode auxiliar a sua empresa a dar os primeiros passos à Indústria 4.0. As startups por serem “empresas emergentes”, possuem o potencial de desenvolver soluções pontuais como provas de conceito para aplicações e/ou desenvolvimento de conceitos e produtos na sua empresa. Em um cenário onde os sistemas e elos da sua cadeia de suprimentos precisam estar cada vez mais conectados, as provas de conceito de startups podem ser o elo que sua empresa necessita para dar um passo rumo a jornada 4.0.

Provas de Conceito (PoCs), o que são?

Prova de conceito (PoC – Proof of Concept) é a realização de um determinado método ou ideia para demonstrar sua viabilidade ou uma demonstração de princípio com o objetivo de verificar se algum conceito ou teoria tem potencial prático. Basicamente uma PoC é o ponto de partida para se testar uma dada tecnologia ou conceito em uma empresa. Em um contexto da Indústria 4.0, onde algumas tecnologias como computação em nuvem e inteligência artificial ainda vêm sendo desenvolvidas e otimizadas, PoCs podem auxiliar as empresas a testarem tais tecnologias em aplicações reais e práticas e verificar a viabilidade da solução proposta.

Por isso, startups aparecem como importantes players na jornada 4.0, por serem experts digitais que possuem a energia e força para desenvolver e testar conceitos inovadores a partir da aplicação prática de PoCs. Não obstante, é importante lembrar que PoCs podem falhar e não apresentar o resultado desejado. Para evitar isso, existem alguns passos que a sua empresa deve seguir quando desejar implementar uma PoC:

1) Colocar o conceito em prova: Definir a ideia, objetivo, escopo do projeto e recursos necessários;

2)  Envolver a equipe de colaboradores: Envolver uma equipe de colaboradores para desenvolver a prova de conceito através de metodologias ágeis como o Scrum;

3)    Métrica de sucesso: Definir o que se deve alcançar em cada etapa da POC para obter êxito;

4)  Teste de execução: Realizar os testes do projeto para fornecer dados se o conceito for bem-sucedido.

Os passos acima não garantem uma receita de sucesso de implementação da PoC, porém as chances de sua empresa conseguir novos caminhos e ideias é grande, podendo auxiliar a partir dos acertos e erros em como desenvolver soluções para a sua realidade. Dessa forma, PoCs podem ser usadas como uma ponte para que a sua empresa dê os primeiros passos rumo à Indústria 4.0.

Ecossistemas de inovação de startups

Com base nisso, o objetivo da Rede RS consiste em criar ecossistemas de inovação em todo o estado do Rio Grande do Sul a partir do desenvolvido de PoCs e trabalhos com as startups da região. Se a sua empresa busca de alguma forma a transformação digital e entrar na jornada 4.0, as startups e suas provas de conceito podem se tornar um pontapé inicial para alavancar ideias, produtos, conceitos e processos dentro da sua empresa.

Conteúdos Relacionados

Instituto SENAI utiliza simulação para desenvolvimento de robô pintor

Neste case apresentamos a solução para implementação de um robô pintor para navios desenvolvido por meio de simulação. Acessar matéria    ➔

MES ENTERPRISE AUXILIA TECNOTRI A REDUZIR 60%DO TEMPO DE PARADA DAS MÁQUINAS

Apresentamos o case de sucesso da Tecnotri junto com a Allcance para a implementação do sistema MES focado no processo de rotomoldagem plástica da empresa. Acessar matéria    ➔

Indústria 4.0 na NOVUS: a importância do OEE e sistemas MES

A NOVUS implementou a digitalização em seu processo de manufatura, vivenciando as facilidades da Indústria 4.0 e ampliando a eficiência produtiva. Acessar matéria    ➔