❮  Voltar para listagem

Assinado pela unidade em fevereiro de 2020, o contrato de prestação de serviços em desenvolvimento tecnológico para a Refinaria de Petróleo Riograndense foi o primeiro projeto contrato pela unidade iTec/FURG Embrapii. A proposta envolve a execução de um projeto de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) para a elaboração de dois módulos tecnológicos, cujo objetivo principal está em alavancar a transformação digital, pretendida pela empresa, por meio da indústria 4.0.

Funcionamento e operacionalização

O escopo do projeto envolve o desenvolvimento de sistema e processo significativamente aprimorado, com nível de maturidade tecnológica que inclui prototipagem, implantação de um piloto e demonstração em ambiente operacional relevante. Esse planejamento envolve o uso de inteligência artificial e automação para o aumento da produtividade qualidade nos principais processos e serviços oferecidos pela empresa.

Dessa forma, o processo de transformação digital opera com os módulos distintos: o primeiro planeja e executa a automatização do processo de leitura de sensores analógicos da área de utilidades; e, o segundo, executa a minimização dos tempos e das filas de espera de caminhões no sistema de distribuição de combustíveis.

Desenvolvimento Tecnológico

As tecnologias a serem desenvolvidas pelo projeto contemplam a modernização, automatização e integração digital de vários setores inerentes aos serviços e parte vital do produto final ofertado pela empresa. Dessa forma, o projeto não influencia apenas no aumento da eficiência produtiva, mas também impacta positivamente a flexibilidade, agilidade e crescimento da empresa enquanto reflexo direto.

Para que o processo seja bem-sucedido e implantado corretamente, serão consideradas atividades que envolvem a leitura automatizada de sensores por meio de imagens, acompanhamento da rota de inspeção, identificação analógica e digital de produto, sistema de controle automatizado para entrada de caminhões no terminal de distribuição de combustíveis, aplicativo móvel para acompanhamento e identificação no sistema de carregamento e gerenciamento inteligente do sistema de agendamento de carga de combustíveis.

O que saber para contratar um projeto Embrapii?

Criada em 2013, a Embrapii fomenta a inovação por meio de parcerias entre empresas e instituições de pesquisa públicas e privadas. Seu modelo de atuação foca na agilidade, flexibilidade e risco reduzido para apoiar projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação com aplicação direta no mercado. Uma das vantagens do formato consiste no fluxo contínuo de produção, ou seja, a qualquer momento a empresa pode realizar um pedido de projeto, sem a espera de editais específicos.

Sendo assim, o processo de aproximação entre a empresa e a Embrapii se dá diretamente com a unidade, e, da mesma forma, a aprovação e contratação do projeto se dá diretamente entre as duas, sem burocracias e sem entraves processuais. Os recursos financeiros encontram-se disponíveis nas Unidades conforme a disposição regulamentada pelas diretrizes da Embrapii.

Em suma, cabe à Embrapii, financiar um terço do valor total do projeto, ficando os outros dois terços a cargo da empresa e da unidade, podendo ser dividido em partes iguais ou não. De acordo com dados oficiais, até maio de 2021, foi movimentado mais de 1,7 bilhão de reais em projetos de empresas em P&D. Desse total, a Embrapii entrou com 32.2% do montante, diminuindo risco e custo das empresas.

A unidade iTec/FURG – Embrapii dedica-se à robótica e ciência de dados – e está vinculada à Universidade Federal do Rio Grande (FURG), trabalhando em conformidade com três linhas de atuação: Robótica e Automação; Modelos Computacionais; e Sensores.

Conteúdos Relacionados

Instituto SENAI utiliza simulação para desenvolvimento de robô pintor

Neste case apresentamos a solução para implementação de um robô pintor para navios desenvolvido por meio de simulação. Acessar matéria    ➔

MES ENTERPRISE AUXILIA TECNOTRI A REDUZIR 60%DO TEMPO DE PARADA DAS MÁQUINAS

Apresentamos o case de sucesso da Tecnotri junto com a Allcance para a implementação do sistema MES focado no processo de rotomoldagem plástica da empresa. Acessar matéria    ➔

Indústria 4.0 na NOVUS: a importância do OEE e sistemas MES

A NOVUS implementou a digitalização em seu processo de manufatura, vivenciando as facilidades da Indústria 4.0 e ampliando a eficiência produtiva. Acessar matéria    ➔